Jedi Hunt

Battle of Coruscant

Coruscant está sob ataque!!

O Senado Galáctico é invadido pelo Exército Separatista!

Os jedis têm que garantir a libertação desse símbolo de democracia, assegurando a proteção dos senadores, inclusive os favoráveis ao movimento separatista.

Mas, há rumores de que a corrupção e a ineficiência imperam no Senado. Alguns políticos são publicamente reconhecidos como criminosos, que deveriam pagar pelos seus crimes contra a República.

Não existe unidade nem mais na Ordem dos Cavaleiros Jedis.
Alguns juram lealdade maior à República, outros à paz, outros à verdade, outros à justiça.
E você? Onde reside a sua convicção? De que lado ficará?

E3coff07

Os jedis padawans Michael e Albert são designados para acompanhar a Mestre e Conselheira jedi Shaak Ti na missão de auxiliar na libertação do Senado e evacuação dos funcionários e senadores, junto a um pequeno destacamento de clones treinados em operações especiais.

Através de intensas lutas com dróides de batalhas e os mortíferos droidekas, disputas entre congressistas separatistas e pró-repúblicanos, e o abandono repentino da missão pela mestre jedi (que misteriosamente se desviou para tratar de outro assunto), os personagens conseguiram garantir a segurança de diversas pessoas.

O preço a se pagar foi a morte de todos os clones do destacanmento, com exceção do sargento Talude.

Em meio a confusão, um senador rodian adentrou nos salões do Senado com seu veículo swoop, atrás de algo.

Logo depois da evacuação de algumas pessoas, Shaak Ti clamou por socorro aos aprendizes, através do comunicador do sargento Talude, informando estar na tentativa de resgatar o Supremo Chenceler, capturado pelos separatistas.

Uma estranha sensação avisava a Albert que o sequestro não deveria ser evitado.

Mas, perante a difícil escolha de continuar salvando as pessoas do Senado ou ir atrás da mestre jedi, inocentes tiveram que pagar com as suas vidas, sendo deixados para trás, em nome do bem maior de proteger a valiosa conselheira.

Após obterem nave de tranporte no Templo Jedi, rumaram à imensa batalha espacial do cerco de Coruscant.
Vasculhando em meio ao caos e alvejados por naves dróides, localizaram a nave em que Shaak Ti se encontrava: Invisible Hand. A nave pessoal do General Grievous.

Uma estranha sensação de urgência afetava os jedis padawans, avisando sobre o perigo que corria a mestre jedi.
Para atender ao chamado, a investida imprudente resultou em mais uma escolha difícil, em que a proteção da vida de um amigo resultou na chegada atrasada para salvar a mestre jedi:

Morte de Shaak Ti?

Em dramática luta de sabres com um poderoso Magna Guard, Michael dirigiu as suas emoções cotra o inimigo, decepando a cabeça do dróide, apenas para descobrir que Shaak Ti ainda estava viva e precisando de cuidados imediatos, assim como Albert.

Anakin e Obi Wan chegam. O primeiro desobedece ao seu mestre, recusando-se a ajudar Michael e partindo para resgatar o Chanceler em batalha contra Conde Dooku. Obi Wan ajuda Michael a achar a enfermaria da nave, correndo em seguida para auxiliar o seu aprendiz.

Shaak Ti intercede perante o Conselho e os dois padawans, em resposta ao exepcional desempenho nos treinamentos e destacada atuação em serviço, são promovidos a Cavaleiros Jedis.

A missão foi vitoriosa. Mas, restam as dúvidas: foram as escolhas acertadas? O preço a se pagar foi alto demais? Até que ponto se deve resistir ao futuro? Como resistir às peças que a mente e as emoções nos pregam?

Knighting ceremony2

Comments

thiagotogbr thiagotogbr

I'm sorry, but we no longer support this web browser. Please upgrade your browser or install Chrome or Firefox to enjoy the full functionality of this site.